“Buscai ao Senhor enquanto se pode achar. Invocai-o enquanto está perto”. Isaías 55.6

Uma das coisas que fico observando é a maneira de meu filho brincar. É muito bom ver o desenvolvimento dele. A cada descoberta, a cada entendimento adquirido, a cada expressão de alegria por ter conquistado algo. Por fazer alguma coisa sozinho. Certo dia, ele conseguiu abrir uma lata, o que para uma pessoa adulta é algo normal; mas para ele foi um momento único. E celebrei junto com ele. E quando assim procedi, ele olha para mim e diz: “Obrigado papai”.

Minha celebração com ele trouxe alegria em seu coração e deixou ele agradecido. Contei isso a você, porque penso em Deus fazendo o mesmo. Ele é o Deus Todo Poderoso, não precisa de nada. Ele é autossuficiente. Ele é o Criador e Mantenedor de todas as coisas.

Mas alegra o coração Dele, quando eu e você descobrimos coisas que antes não conseguíamos fazer. Ele talvez olha do céu e diz: “Parabéns, você alcançou coisas novas”. E Deus fica mais feliz ainda quando reconhecemos que tudo provém Dele.

Em um outro dia, brincando de esconde-esconde com meu filho Samuel, eu pedi a ele que contasse enquanto eu ia me esconder, para que ele me encontrasse. Então fui até a cortina e me enrolei nela para esconder dele. Mas para não dificultar, deixei a ponta do sapato á mostra. Ele procurou por uns instantes, até que me achou enrolado na cortina.

Até ai tudo bem. Mas o que me surpreendeu, foi o que ele me disse após me achar. Alias, ele falou duas coisas que me marcou. A primeira, ele me abraçou e disse: “Papai, como é bom te achar”. E a segunda coisa, foi ele me explicando como me achou. Ele disse: “Vi seu sapato e sabia que era você”. Após isso fui tomar banho, e enquanto estava no chuveiro, Deus falou forte em meu coração.

Assim como fiz com Samuel, Deus faz conosco. Ele deseja ser achado, buscado por nós. Ele se alegra quando vê seus filhos buscando a Ele. E o melhor, é quando a gente não necessita de grandes coisas para saber que Ele está presente. Só a ponta do meu sapato á mostra já foi suficiente para o Samuel crer que eu estava lá. Em muitas vezes queremos ver coisas grandes de Deus para crer; mas só um vislumbre Dele já é suficiente para sabermos que não estamos sós.

A Deus seja a Glória

Pr.Rodolfo Silva